Tipografia

O Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Ceará, nesta nota, representado pelo Diretor Jurídico, José Cláudio Camelo Timbó, vem esclarecer os seguintes fatos:
- A diretoria do sindicato, esteve no dia 09 de junho de 2017, reunida com o Senhor Superintendente Regional e o DREX, com a finalidade de tratarmos de vários assuntos de interesse dos servidores, entre eles, a questão do estacionamento. Ficou completamente definido o modo de distribuição das vagas:
Carros oficiais do DPF
Vaga para pessoa com dificuldade de locomoção
Vaga para gestantes
Vaga para Justiça Federal, Policia Rodoviária Federal e outras instituições que dispensam tratamento reciproco;
Vagas para as chefias, independente do cargo de quem as exercem;
Vagas para os plantonistas;
E, as remanescentes, usadas de forma rotativa.

Este critério de distribuição, achamos ser o mais justo.

 

Alguns dias depois, fomos surpreendidos negativamente, por um requerimento assinado por 37 (trinta e sete) delegados, no qual solicitavam, com o autoritarismo, a arrogância e a prepotência peculiar de alguns, citando inclusive diplomas legais sem nenhum vinculo com a matéria, que as vagas fossem destinadas aos delegados e não da forma que está previsto.

Diante de tais fatos, queremos torna publico que repudiamos tal pretensão por considerá-la injusta e descabida.

Não foi, não é, e não será pretensão do Sindicatos dos Policias Federais intervir nas decisões da administração da Superintendência, desde de que seus atos estejam revestidos dos princípios básicos da administração publica. A administração atual tem se portado em uma conduta de gestão moderna e atual, em que todos, indistintamente, são prestigiados, sejam eles ativos, inativos ou pensionistas, o que estabelece perfeita sintonia com os anseios do sindicato.

 

Fortaleza/CE, 22 de junho de 2017

 

José Cláudio Camelo Timbó